Cobranças nos tribunais recuam 12,4% num ano

O número de acções executivas, para cobranças de dívidas em tribunal, desceu 45% face a 2012, uma tendência que se manteve no primeiro trimestre deste ano. Em contrapartida, a duração média das acções continua elevada. Os tribunais estão a receber cada vez menos processos de cobrança de dívidas e desde 2012 que se mantém uma trajectória descendente constante.

Please Login to Comment.