Ajudas à banca vão continuar em 2018 e 2019

No OE2018, o pedido de autorização de despesa (concedido pelo parlamento na versão final do documento) subiu para 1.017 milhões de euros, mas até à data (como acontece sempre todos os anos, aliás) a informação sobre a evolução destes gastos na execução orçamental é pobre. Ela surgirá a meio do ano que vem, na Conta Geral do Estado de 2018. Para 2019, o Governo, através do Ministério das Finanças, pediu ao Parlamento uma autorização de despesa de 885,8 milhões de euros para gastar com os restos de dois bancos falidos ao abrigo do Orçamento do Estado de 2019 (OE2019): 337,6 milhões de euros para três veículos relativos ao Banif; 548,2 milhões para as três sociedades que ficaram com o que restou do antigo BPN.

Please Login to Comment.