Pagamentos em atraso caem para 738 milhões de euros em Fevereiro

Os pagamentos em atraso nas entidades públicas totalizaram 738 milhões de euros, uma redução de 528 milhões de euros face ao período homólogo, indica a síntese de execução orçamental divulgada pela DGO. Comparando com o mês anterior, os pagamentos em atraso (dívidas por pagar há mais de 90 dias) caíram 4,0 milhões de euros, segundo a Direcção-Geral do Orçamento (DGO). Para a evolução homóloga contribuíram, sobretudo, os hospitais EPE (entidade pública empresarial), que registaram uma redução do valor em dívida de 504 milhões de euros, totalizando 520 milhões. Já relativamente a Janeiro, registou-se uma diminuição de 10 milhões de euros.

Please Login to Comment.