Bancos aceleram redução de malparado

Desde o máximo histórico registado em Junho de 2016, o crédito malparado em Portugal recuou 24.600 milhões de euros. Os bancos portugueses aceleraram a redução do seu stock de crédito malparado no quarto trimestre de 2018, face ao trimestre anterior, com a descida de 3.800 milhões de euros nos empréstimos em incumprimento de empresas e uma queda de 1.300 milhões de euros de malparado dos particulares. O crédito malparado em Portugal recuou 24.600 milhões de euros, do qual 16.100 milhões de euros relativos a crédito a empresas. No final de 2018, o malparado representava 9,4% do total dos empréstimos concedidos pelos bancos.

Please Login to Comment.