Crescimento de empresas mantém-se

A criação de novas empresas durante o mês de Março esteve em contraciclo, uma vez que apresentou uma diminuição de 2,84%, quando comparado a Janeiro (26%) e Fevereiro (29,7%). Feitas as contas, foram criadas 15,756 empresas, o que representa um aumento de 17,7% em relação ao mesmo período ano passado, com mais 2.372. Lisboa voltou a registar o maior número de constituições, seguindo-se o Porto, Setúbal, Braga, Faro, Aveiro e Leiria. Quanto aos sectores, os que tiveram maior variação positiva foram os transportes, construções e obras públicas, indústria extractiva, agricultura, caça e pesca, indústria transportadora e comércio de veículos.

Please Login to Comment.