Barril de Brent nos 75 dólares pela primeira vez desde fim de Outubro

Preço do petróleo está a ser impulsionado pela pressão dos EUA para limitar as exportações de petróleo do Irão. A escalada do preço, que se tem registado desde inícios de 2019, favorece os grandes produtores, cujas exportações superam as importações, como Arábia Saudita, Rússia e Emirados Árabes Unidos, enquanto penaliza os países com recursos petrolíferos militados, como muitos europeus. Os especialistas crêem que o cartel não irá compensar os barris que o Irão deixará de exportar, como já admitiu o ministro da energia saudita, o que aumenta o nervosismo do mercado levando à subida dos preços.

Please Login to Comment.