Portugal é o terceiro país da UE com mais temporários

É o terceiro valor mais elevado da União Europeia que se tem mantido assim desde o início do século, apenas ultrapassado pela Espanha (26,9%) e a Polónia (21,2%). Ao longo dos anos têm-se registado ligeiras alterações, mas o país parece ter ficado agarrado à última posição do pódio entre todos os 28 países da União Europeia e da zona euro. A flutuação varia entre os 21% e os 22%. A média da União Europeia é substancialmente mais baixa, fixando-se nos 14,1% do total de trabalhadores com idades entre os 15 e os 64 anos. Os Estados-membros com a proporção mais baixa de temporários são a Roménia (1,1%), a Lituânia (1,6%), Letónia (2,7%), Estónia (3,5%) e Bulgária (4%). O Eurostat define “temporários” como as pessoas “que têm um contrato a termo fixo ou cujo trabalho irá terminar se determinado objectivo for atingido.

Please Login to Comment.