Impostos levam rombo milionário com paraísos fiscais

Património transferido para sociedades offshore ronda 50 mil milhões. Estudo da Comissão Europeia não concretiza quais os destinos offshore para onde é transferido património, mas as ilhas Caimão são um destino tradicional. O Fisco português perdeu 1300 milhões de euros entre 2004 e 2016 devido às transferências para sociedades offshore. O cálculo consta do estudo ‘Estimativa de Evasão Fiscal Internacional por Indivíduos’, publicado pela Comissão Europeia, que faz uma avaliação aos 28 Estados-Membros. As perdas para a Autoridade Tributária e Aduaneira, mostra o documento, correspondem a 1% do Produto Interno Produto (PIB).

Please Login to Comment.