Em 31 anos, a subida do nível dos oceanos porá em risco 300 milhões de pessoas

Um estudo prevê que mesmo com cortes drásticos das emissões poluentes a subida do nível das águas a partir de 2050 põe em risco 300 milhões de pessoas A Ásia será a zona mais afectada; em Portugal, estuário do Tejo e do Sado, Ria Formosa, Aveiro e Figueira da Foz são as zonas mais “vermelhas”. Aquecimento da temperatura no Mediterrâneo é 20% mais rápido que média do planeta. As comunidades humanas concentram-se de forma desproporcionada nas zonas muito baixas da costa. Até agora, acreditava-se que só 65 milhões viviam nessas zonas; com base em dados mais precisos, o estudo aponta para 250 milhões, ou seja, quase o quádruplo. A Ásia é indicada como o continente mais afectado, com primazia para seis países: China, Bangladesh, Índia, Vietname, Indonésia e Tailândia.

Please Login to Comment.