Fisco apanhou quase um milhão de contas ‘secretas’ no estrangeiro.

Poupanças que no final de 2016 estavam no estrangeiro estão a ser analisadas pela Autoridade Tributária. 71% dos contribuintes corrigiram declarações. Há três anos que o Fisco recebe informações sobre praticamente um milhão de contas que os portugueses têm fora do país. Os ficheiros são volumosos, nem sempre compatíveis com o que consta das bases de dados internas, mas o processo começa lentamente a dar frutos: entre os contribuintes contactados por não terem todo o património no estrangeiro declarado cá, 71% acabou por regularizar a situação de forma voluntária.

Please Login to Comment.