Ryanair mantém lucros de 1150 milhões de euros no primeiro semestre

A companhia aérea irlandesa de voos “low cost” Ryanair informou que obteve lucros líquidos de 1.150 milhões de euros no primeiro semestre fiscal (Abril a Setembro), o mesmo valor do mesmo período de 2018. A companhia atribuiu estes resultados a uma queda de 5% do preço da tarifa aérea média, provocada, em parte, pela queda da procura no mercado britânico e ao excesso de oferta na Alemanha e na Áustria. Mesmo assim, a Ryanair indicou que os gastos em combustível aumentaram 22% nos seis meses até Setembro último, para 1.590 milhões de euros, enquanto os gastos com pessoal, que inclui as subidas salariais dos pilotos, subiram 2% por trabalhador. Neste contexto, a Ryanair facturou 5.390 milhões de euros no primeiro semestre, mais 11%, e transportou um total de 86 milhões de passageiros, mais 11% que no período anterior.

Please Login to Comment.