Fusão de freguesias “não trouxe mais eficiência”

A reforma das freguesias, realizada em 2013, não se traduziu num aumento de eficiência nos serviços prestados às populações, conclui um estudo realizado por investigadores do ISEG. Algarve e Alentejo foram a excepção, Lisboa e região centro sem impactos. Os municípios da região centro e de Lisboa e Vale do Tejo não registaram ganhos de eficiência na sequência da reforma administrativa de 2013 e da fusão de freguesias então levada a cabo.

Please Login to Comment.