Despedimentos colectivos atingiram 3616 postos de trabalho em 2019

O número de despedimentos colectivos em Portugal voltou a subir em 2019, pelo segundo ano consecutivo, segundo a Direcção geral do Emprego e das Relações de Trabalho. A região Norte do país foi a mais afectada por estes casos: 123 empresas concluíram processos de despedimento colectivo para 1506 trabalhadores (+80% que em período homólogo). Seguem-se as regiões de Lisboa e Vale do Tejo (com 1501 despedimentos), Centro (345), Alentejo (184) e Algarve (80). Em termos percentuais, a maior subida verificou-se no Alentejo (com o triplo dos casos de 2018). No Centro (+68%) e no Algarve (19%) também houve aumentos.

Please Login to Comment.