Cobrança coerciva no Estado caiu 4% em 2019

A receita cobrada pelo Estado em dívidas que estavam em processo de execução em 2019 totalizou 1.023,5 milhões de euros. Impostos explicam quase dois terços do total arrecadado. A cobrança coerciva de IRS e IRC rendeu 500 milhões de euros ao Fisco. O Estado cobrou cerca de 1.023,5 milhões de euros em dívidas que estavam em processo de execução no conjunto do ano passado, menos 4% (42,2 milhões) do que em 2018, segundo dados da Direcção-Geral de Finanças.

Please Login to Comment.