Portugal está no pódio do trabalho temporário

Estrangeiros a trabalhar no País estão ainda mais sujeitos a contratos com termo fixo. Portugal só é ultrapassado pela Espanha e pela Bulgária no número de trabalhadores que exercem a sua actividade em regime de trabalho temporário. Portugal é o terceiro país da União Europeia em que o trabalho temporário mais pesa, sendo ultrapassado apenas por Espanha e Polónia. O retrato do Eurostat, relativo a 2019, mostra que um em cada cinco trabalhadores se encontra nestas condições. Nos imigrantes a trabalhar em Portugal, essa proporção é ainda mais notória. O relatório mostra que 19% dos trabalhadores nascidos em Portugal trabalham com termo fixo.

Please Login to Comment.