Ryanair reduz 20% dos voos em Setembro e Outubro

Reduções passam, sobretudo, por uma menor frequência de voos e não por interrupções do serviço. A companhia aérea irlandesa Ryanair anunciou uma redução de 20% do número de voos em Setembro e Outubro, apontando uma baixa nas reservas devido a um aumento de casos de covid-19 na Europa. A Ryanair, que até agora tinha previsto voltar a 70% da sua capacidade em Setembro, explica em comunicado ter de reduzir os voos previstos, nomeadamente para França e para Espanha, dois países incluídos na quarentena imposta pelo Governo britânico. Para enfrentar a crise causada pela pandemia e a diminuição da procura, a Ryanair já anunciou um plano de reestruturação que passa pela eliminação de 3.000 empregos, o que representa 15% do seu pessoal.

Please Login to Comment.