Endividamento da economia portuguesa chega aos 360% do PIB em junho

O endividamento do setor não-financeiro situou-se em 735,4 mil milhões no final do primeiro semestre do ano, reporta o Banco de Portugal. Deste valor, 327,5 mil milhões dizem respeito ao setor público, enquanto que 407,9 mil milhões são do setor privado. No total, este valor representa 360% do PIB português. O endividamento do setor não financeiro aumentou 16,7 mil milhões de euros quando comparando com o último semestre de 2019, sobretudo devido aos aumentos de 10,1 mil milhões de euros do endividamento do setor público e de 6,6 mil milhões de euros do setor privado. O endividamento das empresas cresceu 5,7 mil milhões de euros, que resulta do aumento de 8,9 mil milhões de euros no financiamento face ao setor financeiro, compensado em parte pela descida do endividamento junto das empresas e do setor não residente.

Please Login to Comment.