Custos com o desemprego subiram 41% num ano

Os gastos mensais com prestações por desemprego terão sido em Março de 122,3 milhões de euros, mais 41% que no mesmo mês de um ano antes, quando a pandemia entrou no país. Passado um ano, a Segurança Social paga mais cerca de 36 milhões de euros a quem perdeu o emprego, mas ainda pouco mais de metade dos desempregados tem acesso a subsídio. Segundo a últimas estatísticas da Segurança, em Março havia 241 263 desempregados com acesso a prestações por desemprego, com o valor médio destas a ficar em 507,5 euros.

Please Login to Comment.