40% dos 5,5 milhões de bilhetes de avião cancelados em Portugal sem reembolso

Cerca de 5,5 milhões de bilhetes de avião foram cancelados em 2020 por companhias aéreas que operam em Portugal, dos quais 40% dos passageiros não foram reembolsados em dinheiro porque receberam vales, aguardam resolução ou ficaram sem solução. Os dados são do Tribunal de Contas Europeu (TCE), que num relatório conclui que ‘os direitos dos passageiros dos transportes aéreos na União Europeia ficaram em terra durante a pandemia’ de covid-19, nomeadamente em Portugal, devido aos sucessivos cancelamentos e restrições. No que toca ao país, os dados do TCE revelam que, em 2020, foram cancelados 5,5 milhões de bilhetes pelas principais transportadoras que operam em Portugal, afetando cerca de ‘87% dos passageiros de voos de ou para Portugal’. Do total de bilhetes cancelados em Portugal, o TCE aponta que perto de 60% (3,3 milhões) foram reembolsados em dinheiro aos passageiros no decurso do ano de 2020.

CategoriasSem categoria

Please Login to Comment.